20090727

CAPÍTULO 42

O Tao gerou Um.
Um gerou Dois.
Dois gerou Três.
Três gerou todas as coisas.

Todas as coisas estão de costas para o feminino
e de frente encaram o masculino.
Quando masculino e feminino combinam-se,
todas as coisas alcançam harmonia.

Homens comuns odeiam a solidão.
Mas o sábio faz uso dela,
abraçando sua solidão,
percebendo que ele é Um
com o universo inteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário